Norton 360 vai permitir minerar criptomoeda

O Norton 360 vai receber em breve uma funcionalidade que não é nada comum em software antivírus: um módulo de mineração de criptomoeda para Ethereum. Inicialmente, a Norton vai dar acesso a esta nova funcionalidade a alguns utilizadores do programa ‘early adopter’, mas disse que irá chegar a todos os utilizadores nas próximas semanas.

A lógica por trás desta nova funcionalidade é a de proteger “a vida digital dos seus utilizadores, que está sempre a evoluir”. Segundo a Norton, quando alguém quer minerar criptomoeda, há a necessidade de se desligar o software antivírus, visto que muitas vezes estes programas bloqueiam os programas de mineração. Claro que, ao usar a solução da Norton não há essa necessidade.

O módulo de mineração da Norton usa o processador gráfico do dispositivo para minerar a criptomoeda Ethereum, que depois pode ser transferida para uma carteira que está guardada na nuvem, de forma a prevenir perdas acidentais por falhas de hardware. No entanto, a Ethereum tem-se tornado muito difícil de minerar, especialmente nos últimos meses, por isso é necessário usar o poder de processamento dos computadores de várias pessoas de forma a ser rentável. Nesse caso, os utilizadores têm de partilhar os ganhos e a Norton também pode vir a receber uma comissão.

Write a Comment